7 dicas para tirar boas fotos de produtos ou do seu negócio pelo seu celular.

Pensando em nossos clientes e parceiros da Triibo, que tem como missão apresentar e vender seus produto seja pela internet ou em um ponto físico, a nossa equipe de comunicação decidiu produzir um passo-a-passo para orientar a produzir de forma simples e prática suas fotos de produtos para divulgação e vendas, seja em redes sociais, site ou outros canais de comunicação. 

Hoje podemos contar com um enorme benefício que é o avanço da tecnologia. Com isso, os celulares estão equipados com câmeras cada vez melhores, mais sofisticadas e com um poder de resolução muito maior. 

Abaixo mostramos alguns passos importantes e dicas, aplicáveis a qualquer câmera fotográfica, aparelho celular ou câmera convencional, para melhorar a fotografia de seus produtos ou ambientes e assim atrair mais e mais clientes.

 

Dica 1: Ajustar os parâmetros e configurações da câmera

Cada modelo de câmera tem suas especificidades e particularidades. Todas porém, possibilitam acessar as CONFIGURAÇÕES DA CÂMERA e escolher os parâmetros necessários para proporcionar a melhor foto possível.

As imagens apresentadas ao lado são de um celular específico mas se você entrar nas configurações de sua câmera, certamente encontrará parâmetros muito parecidos. 

Então, vamos lá:

  • Inicie acionando câmera em seu celular.
  • “Dentro” da câmera, procure onde estão as configurações e acesse-as.
  • Selecione o melhor aspecto para a foto (4:3, 16:9 ou 1:1) e o tamanho em Megapíxeis.
  • Sugerimos sempre usar o máximo de resolução em MP e o aspecto 16:9.
Previous
Next

Dica 2: Atenção ao enquadramento

Previous
Next

O enquadramento é uma dessas coisas que pode mudar completamente a qualidade de sua foto. Para simplificar vamos falar de algumas variáveis:

  • Foto vertical ou horizontal
  • A regra dos terços.

Foto vertical ou horizontal:

Sugerimos sempre fotografar na horizontal na proporção 16:9 pois dessa proporção, se você precisar, poderá produzir uma cópia em 4:3 ou 1:1 e ainda extrair uma foto vertical. O oposto não é possível.

A menos que seja preciso fotografar de cima, sugerimos posicionar a câmera a 15 graus da horizontal mostrando o produto ligeiramente de cima para baixo. 

Ângulos maiores que 15 graus tendem a “achatar” o produto e assim diminuir seu impacto visual.

A regra dos terços:

Esta regra, demonstrada ao lado, determina os 4 pontos principais, a intersecção entre duas colunas verticais e duas linhas horizontais onde posicionar o sujeito principal da foto.

Aplica-se seja a fotos horizontais, verticais e também nos aspectos 4:3 ou 16:9.

Para fotos quadradas (1:1) sugerimos centralizar o sujeito fotografado.

Previous
Next

Dica 3: Luz ambiente ou luz artificial?

O que a câmera fotográfica registra é a luz refletida por um objeto exposto a luz incidente sobre ele. Portanto, é muito importante olhar para a luz para que a foto saia da forma como você deseja.

Sugerimos os seguintes passos:

  • Não fotografe no contraluz pois esse tipo de foto, apesar de criar efeitos inusitados, tende a velar o produto principal deixando-o escuro e sub exposto.
  • Aproveite a luz ambiente caso essa seja suficiente para iluminar corretamente o produto sem criar sombras excessivas.
  • Utilize a luz de uma janela aproximando seu cenário/produto da mesma.
  • Caso seja necessário, utilize uma fonte de luz artificial externa para suprir a falta de luz interna. Lâmpadas a LED tem sido vastamente utilizadas. 

Dica 4: Exposição e Foco

Para facilitar os fotógrafos amadores é melhor deixar sua câmera em modo automático pois a operação manual obriga a lidar com parâmetros técnicos muito mais complexos e dificulta a operação.

A maioria das câmeras em automático possibilitam você tocar com o dedo na tela do celular sobre o ponto que quer  “fotometrar”, ou seja, o ponto de foco para o seu clique.

Fotometrar significa regular a câmera para a luz que incide no ponto que vc está indicando, ou seja, se você apontar um objeto muito escuro a imagem clareia automaticamente, se você apontar um ponto muito claro a imagem escurece. 

Portanto, toque a tela do celular no objeto para que ele seja fotometrado preferencialmente em relação a outros elementos enquadrados.

Desta forma, o foco, que também está em automático, se auto regulará para o objeto apontado.

Dica 5: Estabilidade da câmera

A estabilidade da câmera é um ponto muito importante principalmente em situações de pouca luz ou em fotos noturnas ou escuras.

Quando a câmera apontar um objeto escuro, a velocidade do obturador diminui para dar entrada à luz necessária para imprimir a foto. Com a velocidade baixa, qualquer movimento mínimo que você fizer com a câmera, gerará um rastro tornando o objeto ilegível e a imagem embaçada.

Nessas condições sugerimos sempre segurar a câmera com muita precisão, utilizando as duas mãos e assim procurar mantê-la o máximo possível parada.

Para resolver essa questão é muito comum utilizarmos um tripé para garantir assim a estabilidade total da câmera

Dica 6: Cuidado!! O Zoom na câmera é melhor evitar.

Muitos tendem a utilizar o zoom da câmera para cortar e assim aproximar o objeto fotografado. NÃO FAÇA ISSO!!

É preferível você se aproximar e reenquadrar o objeto, caso seja possível, e/ou também é possível editar a foto após o clique utilizando os aplicativos de edição presentes no próprio celular.

Dica 7: Produza a sua foto

A menos que haja a necessidade de ter seu produto solitário e isolado, coloque elementos no ambiente que possam enriquecer a foto. 

Por exemplo, se você for fotografar um prato, coloque uma toalha na mesa, orne com um objeto como um vaso de flores, coloque uma garrafa de azeite e em fim, coloque outros elementos que tenham a ver com seu produto principal e que tragam valor ao conjunto. 

Dica importante:

Tire do enquadramento todo e qualquer objeto intruso ou elementos que não valorizem o conjunto.

Limpe a área e coloque o que realmente faça sentido para o contexto da foto.

Fale conosco

+55 11 97069-7706

9h às 19h de seg a sex.

contato@triibo-hml.triibo.com.br

© Triibo todos os direitos reservados